A AXA sobre o seguro de acidentes de trabalho para independentes

Abril 29, 2012
Comentários desligados

seguro de acidentes de trabalho e a AXAO seguro de acidentes de trabalho para trabalhador independente é mais um encargo que se revela difícil de suportar numa conjuntura de crise económica e financeira, mas as companhias de seguros alertam os profissionais liberais para os risco que correm ao não subscreverem o seguro obrigatório de acidentes de trabalho.

Falta mais sensibilização, lamentam os responsáveis das seguradoras. Sobre o assunto registamos a opinião de Reinaldo Silva, diretor da Oferta e Marketing para Segmentos da AXA Portugal, dada ao OJE.

A AXA e o seguro de acidentes de trabalho para profissionais independentes

É em época de crise que o nível de proteção deverá ser reforçado e é precisamente neste atual contexto que os clientes deverão valorizar a sua segurança económica e a da sua família, caso aconteça algo imprevisto que venha a afetar drasticamente o seu orçamento e consequentemente a sua estabilidade.

O responsável da AXA seguros constata a reduzida penetração do seguro de acidentes de trabalho para profissionais independentes, que entende poderá agudizar-se ainda mais com a atual conjuntura económica.

O diretor da Oferta e Marketing para Segmentos da AXA lembra que o seguro de acidentes de trabalho é uma proteção primária para os trabalhadores independentes que no desempenho da sua atividade diária garantem o seu rendimento. Assim sendo, são eles mesmos os responsáveis pela realização de uma apólice de seguro para precaver o risco de sofrerem um acidente durante a sua vida profissional, onde se inclui o risco de morte e invalidez.

A sensibilização para a necessidade de subscrever um seguro de acidentes de trabalho por conta própria deverá também ser efetuada por parte das seguradoras e pela entidade reguladora estatal, ao nível da obrigatoriedade deste seguro, da exposição ao risco a que estes trabalhadores estão sujeitos no decorrer das suas atividades e da perda dos seus benefícios caso ocorra um acidente.

No entanto, outros fatores poderão influenciar a evolução da procura do seguro de Acidentes de Trabalho para Independentes já este ano. Reinaldo Silva acredita que 2012 será um ano de empreendedorismo, pelo que irão nascer muitos novos empresários a título individual, que necessitarão claramente deste seguro.

 

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.