Sistema de segurança que deteta AVC do condutor

detetor de AVC ao volanteJá alguma vez foi assolado pela ideia aterradora de poder padecer de alguma indisposição súbita enquanto conduz, e assim colocar em risco a sua vida, as das pessoas que consigo viajam, bem como a de todos os condutores com que se cruza na estrada?

Se este receio já o assaltou e sentiu a impotência de não conseguir obstar uma situação destas, no caso dela ocorrer, terá por certo pensado num Acidente Vascular Cerebral (AVC) como a indisposição mais capaz de o fazer perder o controlo e levar a estas consequências trágicas.

Na realidade estes acometimentos são uma das causas daqueles acidentes muito difíceis de explicar.

Pensando nisso, e tentando neste particular, tornar a circulação automóvel mais segura, uma equipa de investigadores está a trabalhar num sistema que permite detetar os princípios de AVC em alguém que esteja a conduzir.

Detetor de AVC ao volante

O grupo de trabalho é japonês e pretende com a sua investigação, contribuir para a diminuição dos acidentes rodoviários, ao mesmo tempo que ajuda as próprias pessoas vítimas de AVC a procurarem ajuda rapidamente para um problema que pode ser mortal.

O sistema detetor de AVC passa pela instalação no volante do veículo de um mecanismo que avalie o ritmo cardíaco do condutor, a par da colocação de um segundo mecanismo no banco do condutor, capaz de realizar de imediato, um eletrocardiograma.

Os dados recolhidos serão analisados em tempo real – só assim é possível reagir de imediato e prevenir o acidente.

Na existência de leituras de alarme, um sistema de voz dá essa informação ao condutor, que deverá interromper a marcha, parando o veículo de imediato.

A Toyota perfila-se para um eventual desenvolvimento do sistema, que lhe foi apresentado em primeira mão pela equipa da Escola Universitária de Medicina Nippon, liderada pelo professor Takao Kato.

O projeto está na sua fase inicial e resultou precisamente de um concurso lançado pela Toyota para receber propostas de desenvolvimento de mecanismos que melhorem a segurança nas estradas.

A Toyota ficou interessada e está a colaborar no desenvolvimento da ideia.

 

Mediadora de seguros e principal dinamizadora da criação da Seguros Mais, detém formação superior em Engenharia que aplica nas áreas da consultoria e formação, não deixando de ser elemento ativo nas publicações e avaliações do site.

Deixe um comentário