Crédito Consolidado pode ser boa opção para muitos casos

Abril 28, 2008
Comentários desligados

Crédito Consolidado pode ser boa opção para muitos casosNos últimos anos têm surgido no panorama financeiro português empresas de crédito especializado a venderem produtos de consolidação – o chamado crédito consolidado, que permitem a qualquer pessoa juntar num único crédito e numa única instituição financeira os vários empréstimos contraídos, sejam eles o crédito da casa, do carro, de viagens, de mobílias, de computador, etc.

O recurso à consolidação dos créditos é frequentemente utilizado como forma de diminuir os encargos mensais decorrentes de empréstimos, especialmente em momentos de subida das taxas de juro, como o actual, em que se prevê de novo um aumento da taxa de referência ditada pelo Banco Central Europeu.

Muitos bancos estão já a oferecer também este serviço e alguns vendem-no mesmo através dessas empresas especializadas, mais conotadas com o produto, como sejam a ExChange e a Partners Finances.

Prazos maiores – mensalidades mais baixas

A centralização de créditos permite transformar empréstimos de prazos mais curtos (normalmente entre os seis meses e os quatro anos) em créditos a prazos mais longos (a 20 ou 30 anos), juntando-os em muitos casos com o crédito à habitação. Sustentados na garantia hipotecária, que lhes assegura o risco contraído, os bancos e outras empresas de crédito especializado aceitam juntar todos os créditos num só.

Quanto a este aspecto, até já há empresas que começam a fazer essa centralização dos empréstimos sem exigência de hipoteca.

Defesa do Consumidor reconhece vantagens mas alerta para custos globais

As associações de defesa do consumidor já se têm pronunciado sobre este tipo de produto, reconhecendo a utilidade dos mesmos como forma de reduzir a prestação mensal dos empréstimos, quer por incapacidade de pagamento, quer por necessidade de dinheiro para outros fins, mas também alertam, e não há bela sem senão, que o crédito consolidado sendo caracterizado pelo alargamento dos prazos, de um ponto de vista global (no conjunto da distensão do prazo) faz encarecer os custos dos empréstimos.

O crédito consolidado trás vantagens, basta perceber que salvo algumas excepções os créditos ao consumo têm taxas que chegam a ultrapassar os 20%, e mesmo a do crédito automóvel ronda os 12% a 15%, pelo que as taxas no crédito consolidado acabam por ser sempre bem mais baixas.

Conseguir desafogo orçamental em períodos de dificuldades

Efectivamente, se alguém deixar o empréstimo consolidado chegar até ao final do seu prazo, acabará por pagar mais com este tipo de produto, mas entretanto talvez as perspectivas mudem, e esse empréstimo não chegue ao limite do seu prazo, possa ter sido amortizado antes acompanhando melhores condições de vida. Entretanto, a família conseguiu algum desafogo orçamental, e pôde passar de uma situação em que não conseguia cumprir as suas obrigações financeiras para uma em que se tornou possível fazê-lo.

Veja as nossas escolhas para produtos de crédito consolidado.


 

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.