Proteção Vital da Fidelidade: Chegou o primeiro seguro de condutor

Fevereiro 28, 2014

A Fidelidade acaba de lançar a cobertura Proteção Vital do Condutor, inserida no Seguro Automóvel, que permite aos condutores contar com uma proteção até 500 mil euros.

Proteção Vital da Fidelidade

Esta solução, pioneira em Portugal e na Zona Euro, permite reforçar a proteção dos condutores, exista ou não, um terceiro responsável pelo acidente (o que é especialmente importante nos acidentes graves) permitindo acelerar a resposta da seguradora quando ela é mais precisa, ou seja, em caso de acidente grave.

Até hoje, altura em que a Fidelidade lança o primeiro seguro deste género, praticamente nada protegia os condutores num acidente com culpa do próprio. Um quase completo vazio de oferta, que levou mesmo o presidente da comissão técnica auto e acidentes da Associação Portuguesa de Seguradores, a alertar para esta situação em Outubro passado.

A proteção do condutor não é obrigatória por lei e, nos casos em que existia cobertura facultativa, tradicionalmente apresentava capitais e coberturas muito limitativos, insuficientes, ou mesmo inexistentes (como acontece com as perdas de rendimentos futuros ou mesmo a simples necessidade de obras de adequação na habitação, por exemplo) para fazer face às responsabilidades e às necessidades de reabilitação dos acidentados.

A Proteção Vital do Condutor está em linha com os critérios e valores previstos para a indemnização dos danos corporais dos ocupantes e dos peões acidentados, pelo que, no caso de existir um terceiro responsável, a Fidelidade poderá indemnizar os seus condutores seguros e sub-rogar-se no direito que a estes assista, quando exista um terceiro responsável.

Em Portugal, em 8% dos acidentes com vítimas verifica-se a ocorrência de mortos ou de feridos graves. Destes, 40% das vítimas são ocupantes ou peões, os quais estão protegidos pelo seguro de Responsabilidade Civil do veículo, com um capital até 5 milhões de euros.

Já a maioria das vítimas de acidente (60%) são os próprios condutores dos veículos, os quais, na melhor das hipóteses, não possuem uma proteção muito superior a mil euros, para despesas de tratamento.

O atual enquadramento legal em Portugal não obriga à subscrição da cobertura de proteção do condutor, o que faz com que a grande maioria dos condutores esteja desprotegido (ou possua uma falsa perceção de cobertura que é a proporcionada pelos produtos tradicionais disponíveis no mercado) em caso de acidente sem responsabilidade de terceiros.

Os acidentes graves têm um custo económico e social superior a 730 milhões de euros por ano, sendo o impacto resultante de feridos graves e mortes de condutores de 450 milhões de euros, os quais são maioritariamente suportados pelas famílias, pelos empregadores e pelo próprio Estado.

Cobertura Proteção Vital do Condutor

Para colmatar esta situação, e no âmbito da sua política de negócio sustentável e responsável, a Fidelidade lançou a cobertura de seguro Proteção Vital do Condutor. Esta solução, com um capital de 500 mil euros, permite aos condutores beneficiarem de cuidados médicos de saúde até 100 mil euros (face ao habitual de apenas 1.000 euros), de uma verba para adaptar a casa e o carro às limitações que podem advir de um acidente, entre outras vantagens que não são disponibilizadas nas coberturas tradicionais.

José Alvarez Quintero, administrador da Fidelidade, afirma: “A proteção do condutor é um dos principais problemas económicos e sociais a nível europeu, mas do qual a maioria dos condutores, incluindo os portugueses, não tem consciência. Por isso, enquanto líderes de mercado em Portugal e promotores ativos de políticas de sustentabilidade, procurámos desenvolver uma solução pioneira que respondesse a este desafio da falta de proteção adequada e fosse ao encontro das necessidades dos condutores e das suas famílias. Acreditamos que com o lançamento da Proteção Vital do Condutor estamos a prestar um serviço aos nossos segurados (que nem sempre são tratados pelas seguradoras do condutor responsável como gostaríamos), à Sociedade e a contribuir para um futuro melhor”.

A cobertura de seguro Proteção Vital do Condutor está disponível a partir de apenas 3 euros por mês, o que se traduz num valor anual de cerca de 36 euros.

Por sinal, José Alvarez Quintero é precisamente o o presidente da comissão técnica auto e acidentes da APS que referimos acima, pelo que não é estranhar que a Fidelidade tenha sido a primeira seguradora a colmatar esta lacuna.

Nova cobertura oferece mais proteção e mais serviço

A Proteção Vital do Condutor é muito mais do que aquilo que pode ser encontrado nas tradicionais coberturas para o condutor do veículo. Para além de capitais substancialmente mais elevados, a cobertura tem um âmbito que vai muito para além do simples pagamento de uma indemnização ou reembolso de despesas de tratamento.

Proteção Financeira

Em caso de morte ou incapacidade permanente absoluta, a Proteção Vital do Condutor prevê o pagamento de indemnizações por danos patrimoniais futuros, garantindo ao condutor e à sua família a estabilidade financeira necessária para o futuro.

Garantias abrangentes

Desde o pagamento de despesas médicas e hospitalares, bem como dos medicamentos, serviços domésticos essenciais e a readaptação da casa, local de trabalho ou automóvel, estão previstas as condições necessárias à reabilitação do condutor.

Apoio desde o primeiro momento

O condutor passa a beneficiar de cuidado e acompanhamento imediato da Fidelidade, independentemente de estarem ou não definidas as responsabilidades pelo acidente. Desde a articulação com hospitais, à avaliação do melhor tratamento possível para a sua recuperação e apoio na sua reinserção social, o condutor é seguido por uma equipa especializada e dedicada composta por profissionais experientes, médicos e assistentes sociais.

protecao-vital-condutor-carateristicas

 

Mediadora de seguros e principal dinamizadora da criação da Seguros Mais, detém formação superior em Engenharia que aplica nas áreas da consultoria e formação, não deixando de ser elemento ativo nas publicações e avaliações do site.

Deixe um comentário