seguros auto

O seguro auto é um seguro incontornável, ou seja, se pretendemos circular na via pública com um determinado automóvel, somos obrigados a subscrever um seguro auto para a referida viatura. O seguro auto pode assumir diversas formas, tantas quantos os produtos específicos criados por cada seguradora que os comercializa. Incluídas no pacote de um seguro auto podem estar diversas coberturas e cada companhia de seguros elenca um sub-conjunto dessas coberturas para constituir os pacotes em que vender o seguro automóvel.

A par desse rol de coberturas, também os capitais podem ser de diferentes valores tratando-se de uma seguradora em particular, ou mesmo de um diferente pacote de seguro auto numa mesma seguradora.

A juntar a esse catálogo de coberturas e de capitais que determina uma grande diversidade de ofertas de seguros auto, ainda podemos pensar, que algumas destas coberturas poderão ser contratas com diferentes franquias. Fazendo variar as franquias, teremos ainda mais multiplicidade de escolha e dificuldade em escolher e mesmo ajuizar um bom pacote de seguro auto.

Para mais informações sobre o que consiste uma franquia, consulte a página franquia de seguro.

Então, será que é assim tão difícil escolher e avaliar a qualidade de um seguro auto? Não.

Seguros auto contra terceiros e de danos próprios

Num ato de descomplicação podemos considerar que existem unicamente dois grupos de seguro auto: o seguro contra terceiros e o seguro de danos próprios.

Podendo cada um destes variar imensamente – é necessário estar atento ao elenco das coberturas, dos capitais e das franquias – quer o seguro contra terceiros, quer seguro de danos próprios, são comercializados com um rol mais ou menos padrão de coberturas ou garantias.

Assim, por exemplo, associado a um seguro auto contra terceiros temos a necessária cobertura de responsabilidade civil – a única que na prática é obrigatória por lei, e a fazer conjunto com esta, a maioria das seguradoras inclui também no seguro auto, as coberturas de assistência de viagem, proteção jurídica e ocupantes.

Alguns produtos específicos podem ainda envolver a cobertura de quebra de vidros.

Quanto aos seguros auto que respondem também pelos danos causados ao próprio, a constituição das coberturas também é relativamente padronizada. Choque, colisão e capotamento e incêndio, raio e explosão; e furto e roubo, costumam fazer sempre parte do elenco.

O seguro auto é obrigatório

Registe-se ainda que dado o seu carácter obrigatório, o seguro auto é o mais popular dos seguros, no sentido que é o mais subscrito pela generalidade da população.

Não é o único seguro obrigatório, mas é aquele em que há mais probabilidade de num mesmo agregado familiar serem contratados seguros auto em número superior a um.

O seguro de incêndio é obrigatório, mas as famílias geralmente, quando muito têm uma só habitação. É sempre mais comum, alguém ter mais que um carro, que mais que uma casa.

Seguro auto mais barato

No que ao seguro auto diz respeito, o que todos nos perguntamos é qual o seguro auto mais barato. Embora num dado momento e para um determinado carro e condutor exista sempre uma resposta, o seguro auto mais barato é pouco perene, uma vez que hoje poderá ser o seguro automóvel da companhia X e amanhã já ser o da seguradora Y.

Há que estar atento e simular seguros, pois as seguradoras automóvel estão sempre a variar as tarifas, daí a utilizada da análise que lhe disponibilizamos permanentemente atualizada em Escolha Acertada de Seguro Auto.

Seguro Auto, 4.7 out of 5 based on 3 ratings
VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 4.7/5 (3 votos)

Mediadora de seguros e principal dinamizadora da criação da Seguros Mais, detém formação superior em Engenharia que aplica nas áreas da consultoria e formação, não deixando de ser elemento ativo nas publicações e avaliações do site.

Deixe um comentário