As várias formas de segurar a nossa saúde

Novembro 26, 2011
Comentários desligados

segurar a saúde

Nuno Gonçalves Raposo fez uma síntese para o OJE das diferentes formas de segurarmos a nossa saúde. Necessidade que ganha cada vez mais premência e atualidade. Nas últimas décadas, por força de um acelerado desenvolvimento tecnológico e pela melhoria das condições de vida das populações, tem vindo a verificar-se um aumento da esperança média de vida, ultrapassando em muitos dos países desenvolvidos os 80 anos e cifrando-se mesmo nos 85 anos no caso do Japão.

Importa frisar que no início do século XX o tempo médio de vida não ultrapassava os 40 anos.

Se por um lado os avanços tecnológicos e a mudança do estilo de vida das populações contribuíram de forma decisiva para o aumento da esperança de vida, por outro lado, estes factores também são responsáveis pelo aumento do sedentarismo, obesidade e stress, que contribuem de forma direta para o desenvolvimento de doenças de elevada gravidade.

Atualmente, as doenças cardíacas são a principal causa de mortalidade, tanto nos países desenvolvidos como em vias de desenvolvimento, tendo também as doenças oncológicas vindo a aumentar de forma significativa nos últimos anos, prevendo mesmo a Organização Mundial de Saúde que as doenças cancerígenas dupliquem nos próximos 20 anos.

Ao aumento exponencial de doenças graves verificado na última década, a indústria seguradora tem-se mostrado atenta e tem sido capaz de responder eficazmente a esta necessidade, criando um conjunto de soluções que visam proteger tanto o bem estar do doente como da sua família.

A oferta desta proteção tem sido apresentada ao cliente tanto de forma isolada, como agregada de forma complementar a seguros de doença, seguros de vida e seguros de acidentes pessoais.

Das diversas soluções disponíveis no mercado, a maioria são compostas por coberturas que garantem o pagamento de despesas médicas, meios complementares de diagnóstico, viagens e estadias, funcionando tradicionalmente por reembolso.

E para além destas coberturas, existem ainda soluções inovadoras, que garantem uma indemnização no momento de constatação da doença, independentemente da existência ou não de despesas associadas à doença.

Nuno Gonçalves Raposo é A&H Agency Broker Manager da Chartis Europe. A Chartis é um dos líderes mundiais no sector dos seguros, com mais de 90 anos de experiência comprovada e excelência no serviço ao cliente.

A força da Chartis habita nos 34000 colaboradores, que combinam uma visão global do negócio que lhes permite servir em mais de 160 países e jurisdições.

Focada em seguros para empresas e consumidores finais, o portfólio da Chartis é constituído por mais de 500 produtos e serviços inovadores garantidos por uma estrutura financeira sólida.

Daí a razão para os mais de 40 milhões de clientes em todo o mundo confiarem na Chartis.

A coisa mais corriqueira e banal, é uma companhia de seguros rever as suas tarifas. O bom seguro de saúde que tinha ontem, pode ser um mau seguro hoje. Hoje, o seguro net é cómodo e fá-lo poupar.

 

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.