Cartão de saúde para pessoas que padecem de doenças raras

urgenciasA Direção Geral de Saúde lançou um cartão para auxiliar as pessoas que sofrem de doenças raras. O cartão de saúde, que desenvolvido pela SPMS (Serviços Partilhados do Ministério da Saúde), contém a informação clínica pessoal, essencial para que no caso de uma emergência, os médicos possam saber que procedimentos devem seguir o socorro ao doente.

O Cartão da Pessoa com Doença Rara (CPDR) foi concebido pela Direção Geral da Saúde, de forma a ser acedido através dos portais da PDS – Plataforma de Dados da Saúde, para transmitir a informação clínica mínima essencial, de modo a proteger clinicamente os doentes e auxiliar a boa prática clínica da equipa terapêutica que os possa ir a atender em situação de emergência.

Dada a raridade ou extrema raridade de muitas destas doenças, as pessoas com uma doença rara, quando acorrem a um serviço de urgência, acabam submetendo-se a um elevado risco, relativamente natural pelo geral desconhecimento dos clínicos sobre os cuidados e terapêuticas a que se podem submeter estes doentes, manifestando então assim a necessidade de criar um cartão deste género.

Em termos europeus, aqueles pelos quais nos norteamos, a classificação de doença rara é atribuída a moléstias com uma prevalência não superior a cinco indivíduos por cada 10 mil habitantes da União Europeia.

Este cartão pode ser requisitado de forma eletrónica, permitindo assim uma maior rapidez e eficácia na emissão do mesmo. No entanto, para obter o CPDR, o doente terá de o solicitar aos médicos de hospitais públicos que os seguem habitualmente.

Sempre que exista alteração clínica que o justifique, será reiniciado o processo de emissão de novo cartão, sendo anulado o anterior com a respetiva informação.

Já foram conduzidos testes para avaliar a nova funcionalidade que permite a requisição do CPDR. Foram já ativados 51 cartões, dos 137 requisitados, em ensaios que decorreram em seis centros hospitalares: Norte, Lisboa Central, Universitário de Coimbra, São João, Porto e Alto Ave.

Cartão de saúde para pessoas que padecem de doenças raras, 5.0 out of 5 based on 2 ratings

 

VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 5.0/5 (2 votos)

TOC e formadora em Contabilidade Financeira, Analitica e Fiscalidade. Colaboradora da Seguros Mais

Deixe um comentário