2012 é ano de dois dígitos para a Seguro Directo

Dezembro 13, 2012

seguro directo cresce 10%A seguradora direta Seguro Directo deverá encerrar 2012 com um crescimento de dois dígitos face ao ano de 2011, e o objetivo no curto prazo da seguradora do grupo AXA é a manutenção deste crescimento para o ano de 2013.

Quem o confidenciou aos media em recente entrevista, foi Sandra Moás, a diretora da Seguro Directo.

Pese o contexto atual de contração económica e queda no setor automóvel, Sandra Moás acha que existe espaço para a Seguro Directo conquistar quota de mercado.

Segundo os últimos números, a caraterizada por muitos como seguradora low cost está atualmente na segunda posição das seguradoras diretas com 23 por cento do segmento de seguros diretos.

A expectativa é que possa dar-se uma reação do mercado, e dessa forma a Seguro Directo venha a conquistar mais clientes, cativando todos aqueles que dispõem de um seguro automóvel, mas por inércia ainda mantêm o seu veículo seguro nas companhias tradicionais.

A atual conjuntura é benigna para as seguradoras como a Seguro Directo, porque sendo o seguro automóvel obrigatório, as pessoas não o podem descartar pois necessitam dos carros, e como tal, procuram alternativas mais baratas – o tal seguro automóvel mais barato.

A terminar, uma boa notícia contra a corrente do que se passa na generalidade dos bens e serviços que temos que consumir: a diretora da Seguro Directo afirmou também que Portugal não tem margem para subir os preços dos seguros automóvel, embora concorde que a margem das companhias de seguros está cada vez mais esmagada neste segmento.

2012 é ano de dois dígitos para a Seguro Directo , 4.7 out of 5 based on 6 ratings

 

VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 4.7/5 (6 votos)

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.

Deixe um comentário