Companhias de seguros perdem 414 milhões

Fevereiro 19, 2009
Comentários desligados

Companhias de seguros perdem 414 milhõesO sector segurador teve perdas de 414 milhões de euros em 2008, ano em que a carteira de activos dos fundos de pensões desvalorizou 3,3 mil milhões de euros. Fernando Nogueira, o Presidente do Instituto de Seguros de Portugal, revelou no Parlamento, em sede de comissão parlamentar de Orçamento e Finanças, que os resultados de 2008 serão positivos mas marginais e em queda significativa face aos 650 milhões de euros de lucros conseguidos em 2007.

Os dados são, no entanto, ainda parciais, dado que ainda não foram publicados os resultados de todas as empresas da área seguradora.

Apesar de ter sido muito afectado pela desvalorização das carteiras de activos que atingiu os 3,3 mil milhões de euros no final do ano passado, o presidente do ISP entende que o sector dos seguros continua globalmente robusto. O nível de solvabilidade dos fundos de pensões das seguradoras diminuiu, mas continua a respeitar os níveis mínimos exigidos devendo ficar próximo dos 100%, quando em 2007 estava nos 116%.

Outro indicador em queda, mas que mostra que o sector está globalmente de boa saúde é a margem de solvência das empresas de seguros, que deverá ficar em 2008 e anos seguintes nos 160%, quando em 2007 estava nove pontos percentuais acima deste valor.

 

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.