Seixas Vale aponta o que mais marcou os seguros em 2013

Fevereiro 4, 2014

Seixas Vale aponta o que mais marcou os seguros em 2013O Presidente da Associação Portuguesa de Seguradores (APS), Dr. Pedro Seixas Vale, convidou os jornalistas a estarem presentes na semana passada, na sede da APS, na Rua Rodrigo da Fonseca, em Lisboa, para assistirem a uma sessão de apresentação dos resultados do sector segurador em 2013.

Alguns dos resultados, como o crescimento operado no setor, já tinham sido divulgados e nós já os tínhamos publicitado aqui, mas houve mais novidades e informações concretas sobre o desempenho do sector segurador e as perspetivas para os tempos mais próximos.

Pedro Seixas Vale considera que a atividade seguradora em 2013 ficou marcada por:

  • Menor sinistralidade, nomeadamente no ramo automóvel;
  • Mudança do perfil das seguradoras, com impacto nos resultados financeiros;
  • Ajustamento do modelo de negócio ao ciclo económico;
  • Estabilidade de emprego;
  • Acesso das seguradoras aos mercados internacionais de resseguro, sem registarem dificuldades; e
  • Independência total do sector ao Estado.

O responsável realçou ainda o facto de as seguradoras terem, de novo, “demonstrado a sua eficiência enquanto gestoras de poupanças”, um mercado que aumentou 42 por cento, nomeadamente na colocação de planos de poupança reforma – PPR (11.8% da produção do ramo Vida), que subiram cerca de 37%.

Em 2013, a produção seguradora Vida e Não Vida cifrou-se em 13 mil milhões, mais 20.1%, contrariando a tendência de queda registada em 2012 (6.4%) e 2011 (28.7%).

Numa análise por seguradoras, a Fidelidade está à frente na produção de seguros, com larga vantagem sobre quem se segue.

 

TOC e formadora em Contabilidade Financeira, Analitica e Fiscalidade. Colaboradora da Seguros Mais

Deixe um comentário