Suicídio agita direção da Zurich Seguros

Setembro 5, 2013

agitação na direção da ZurichNão se vivem dias muito alegres e descansados na administração da Zurich.

Depois do alegado suicídio do diretor financeiro da seguradora suiça, é a vez do presidente do conselho de administração, anunciar a sua demissão, que pelos vistos é consequência do acontecido ao seu colega de direção.

Como resultado, as ações da seguradora caíram a pique.

Depois de Josef Ackermann, o até à data, presidente do conselho de administração da Zurich Seguros, se ter demitido na sequência do suicídio de Pierre Wauthier, o director financeiro (CFO), os lugares de “chairman” e de diretor financeiro, passaram a título interino, a serem ocupados respetivamente por Tom de Swaan e Vibhu Ranjan Sharma.

 

Wauthier foi encontrado morto e a polícia alimenta a ideia de se tratar de suicídio.

Ackermann foi alvo da família do antigo CFO, que lhe atribui alguma da responsabilidade no suicídio de Wauthier, pelo que decidiu, tendo por base a necessidade de salvaguardar a seguradora, apresentar a sua demissão.

 

Registe-se que há cerca de um ano, Mario Greco, então responsável pelos seguros de vida da Zurich, também abandonou funções e acabou como CEO da Generali.

O abandono de Greco junta-se à morte de Wauthier e à demissão de Ackermann, totalizando três baixas de vulto na direção da Zurich em pouco mais de um ano.

Não são boas notícias para a companhia que já avançou prever falhar as metas deste ano por força dos fenómenos naturais que ocorreram nos EUA.

Suicídio agita direção da Zurich Seguros, 4.5 out of 5 based on 2 ratings

 

VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 4.5/5 (2 votos)

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de mediadores de seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham essa informação com clientes e leitores.

Deixe um comentário