Portugueses cada vez mais fazem Seguros de Saúde

Setembro 9, 2008
Comentários desligados

Portugueses celebram cada vez mais Seguros de SaúdeNo fim de Agosto foi revelado um estudo – o relatório Sanidad Privada da empresa espanhola DBKA – que revelou que os portugueses estão a celebrar cada vez mais seguros de saúde e a recorrer cada vez mais às clínicas privadas. Segundo o estudo, as quarenta empresas gestoras das clínicas privadas existentes em Portugal em 2007, facturaram 690 milhões de euros, registando um crescimento de 8% em relação ao ano anterior.

Segundo o relatório Sanidad Privada, que “aposta” num crescimento ainda maior para este ano, as 40 clínicas ofereciam cerca de 2200 camas, e estes números tão positivos serão resultado da crescente penetração dos seguros de saúde entre os portugueses.

Tal como as clínicas privadas, também as seguradoras estão a facturar mais: 440 milhões de euros em 2007, mais 7,8% que no ano anterior. Neste cenário, só mesmo nós e que facturamos muito pouco, dadas as reduzidas comissões que obtemos com o serviço que proporcionamos aos nossos clientes … 🙁

Mas deixando-nos de lamentações, dado que não estamos aqui para carpir, mas sim para o informar ;), são cinco os grupos em Portugal que juntos detêm 80% do mercado nacional. Ainda segundo o estudo da DBKA, existe uma forte concentração de oferta em torno dos cinco grandes grupos seguradores. A quota conjunta das companhias Fidelidade Mundial, Ocidental, Império Bonança, Victoria e Allianz representa 74% da oferta.

Ora, como estes monopólios e estas quotas esmagadoras acabam por nunca se revelarem a favor do consumidor, vejam-se as gasolineiras, porque não juntar ao melhor seguro de saúde que pode ter, o facto de usufruindo do mesmo ou de melhor serviço, não engrossar esta concentração excessiva? Faça uma simulação de seguro de saúde por nosso intermédio … não perde nada em se informar.


 

Somos um portal/blog de notícias sobre seguros e produtos financeiros em geral, que conta com a colaboração de um pequeno grupo de especialistas em seguros, que por força de se manterem constantemente bem informados sobre a actividade seguradora, partilham graciosamente essa informação.