Contratar o seguro de vida realmente indicado para o seu caso

Novembro 28, 2019

As ofertas de seguros de vida são imensas e qualquer companhia as tem num número considerável distribuídas por finalidades e pacotes. O preço de um seguro de vida até pode parecer-lhe interessante, mas será que cobre o que necessita?

Contratar o seguro de vida realmente indicado para o seu caso

O consumidor comum interroga-se com termos que dificilmente reconhece, e ainda menos entende. Entender esta verbosidade pode ser a diferença entre poder dormir descansado e ciente que contratou a protecção desejada e que alguém cuidará dos seus interesses caso lhe aconteça algo, ou a dúvida com termos técnicos que não sabe exactamente o que significam e que o podem levar à inoperância – não contratar, ou à insegurança – não estar seguro do que contratou.

Esta paz de espírito torna-se ainda mais necessária para os seguros de vida. Ter que lidar com procedimentos lentos, burocracia absurda e descobrir que os capitais a cobrar não são os esperados, desencoraja os mais motivados.

A recomendação mais sincera e realista que lhe podem fazer caso esteja a pensar em contratar um seguro de vida para proteger os seus é não se deixar tentar por slogans, promoções ou ofertas. A sua situação e características são as mesmas do colega que lhe falou na promoção X!? Ou do vizinho que contratou Y!?

É importante que consulte um profissional. Irá questioná-lo, fazer-lhe muitas perguntas. Pode até achar que são demasiadas. Mas será necessário perceber as suas motivações e características para poder sugerir-lhe a oferta mais ajustada e não um produto que não lhe sirva.

Ao comprar roupas procura o tamanho certo. Deve fazer o mesmo com o seu seguro de vida.

Pode-lhe interessar também:

Logo promove o seguro de protecção ao crédito – mude para a vida!

Seguro de vida Zurich Vida Risco Flex

Metlife melhora seguros de vida

 

VN:F [1.9.22_1171]
Avaliação: 0.0/5 (0 votos)

Com formação em Marketing e em Pubicidade, faz parte do núcleo de fundadores do portal Seguros Mais.

Deixe um comentário